zoom

G-dragon lança álbum em pendrive e é vetado de parada musical coreana


Parada decidiu não incluir novo trabalho do artista como “lançamento físico”

G-Dragon

O cantor G-dragon teceu críticas a Associação de Conteúdos da Indústria Musical Coreana após ter seu mais recente trabalho desconsiderado pela organização. O mais novo EP do líder do Big Bang, que leva seu nome de batismo “Kwon Ji Young”, está sendo comercializado em formato USB, em que os fãs do artista adquirem um pendrive para poder ouvir suas novas músicas.

A proposta inovadora gerou controvérsias com a contabilização das vendas do novo trabalho de G-dragon. A associação que regulariza a indústria musical na Coreia não considerou o disco como “formato físico”, visto que ao invés de ter acesso aos arquivos das músicas no pendrive, o dispositivo dá acesso exclusivo a um link para download das músicas e de outros conteúdos do artista, como videoclipes. Como resultado, as vendas do pendrive não estão sendo contabilizadas na Gaon, maior parada musical da Coreia, o que reflete diretamente no desempenho das novas músicas do astro nos programas musicais do país.

Em sua conta no Instagram, G-dragon mostrou seu descontentamento com a decisão. Segundo ele, o importa é apenas a música e não o formato em que ela é lançada, visto que CDs físicos já perderam seu espaço na indústria da música há muito tempo.

“O que é isso quando alguém que você nem ao menos conhece decide que o trabalho de um artista ‘é um álbum’ ou ‘não é um álbum’?”, questionou. “Não importa se é um LP, uma fita cassete, um CD, um pendrive. Não é esse o ponto. O mais importante não é a embalagem externa ou a aparência, mas a música, que pode ser ouvida por qualquer um, em qualquer lugar”.

“Boas melodias e letras são tudo. Todo o resto não é importante”, declarou o astro na rede social.

A gravadora de GD também saiu em defesa do inovador projeto. A YG Entertainment explicou que o uso de um pendrive foi escolhido por dar a possibilidade de armazenamento muito maior de conteúdo do que um CD. Segundo a empresa, o link para download para quem adquirir o dispositivo USB de G-Dragon dá acesso não apenas às músicas, mas também a fotos e videoclipes. “O consumidor não pode adicionar ou apagar música na forma tradicional de CDs. No entanto, o álbum USB de G-Dragon não é para ser usado apenas uma vez, mas uma forma revolucionária de um serviço de longa-data para conteúdo. Permite que o consumidor adicione e apague o conteúdo como preferir. Não existem muitas pessoas no mundo que ainda escutam toca CDs. No entanto, os programas musicais ainda consideram como importante as vendas físicas. Agora, álbuns físicos não são mais uma forma de ouvir música mas sim um produto de coleção para fãs”, acredita a empresa, que declarou que o posicionamento das paradas musicais coreanas é “uma forma antiga de pensar que não se atualiza com as mudanças da nova geração”.

Ouça o single do álbum de G-dragon, “Untitled, 2014”:

Por ShaKin’ Pop


Deixe seu comentário


Envie sua matéria


Anexar imagem de destaque