zoom

Review: It – A Coisa


Não vá esperando somente um terror de um palhaço assassino. “It – a coisa” é isso e muito mais.

A COISA it-horror-movie

A divulgação está forte e o hype é grande! A distribuidora Warner bros parece ter alcançado seu objetivo. A figura do palhaço Pennywise é praticamente onipresente pelo menos para quem fica um mínimo de tempo conectado na rede. E seu olhar realmente incomoda!

Por ser baseado numa obra de Stephen King e já ter sido adaptada para uma minissérie televisiva nos anos 90, a sinopse é bem conhecida e simples: um grupo de crianças se une para ajudar um amigo cujo irmão desapareceu um ano antes. Este caso parece estar relacionado a inúmeros outros, levando a molecada a ter que enfrentar o palhaço Pennywise. Figura grotesca, ele não demora a aparecer.

Na sequência inicial já fica claro o tom de terror e violência que pode se esperar de um filme do gênero, mas felizmente este é só um dos aspectos que podemos encontrar na história. A tensão está presente, mas não é ela que permeia a narrativa na maior parte do tempo, ficando reservada para os momentos mais adequados. A presença das crianças do autointitulado “Clube dos Perdedores” carrega de leveza e dá um ar de fantasia, humor e até mesmo nostalgia para aqueles telespectadores que viveram alguma parte da infância nos anos 80. Elementos como a presença das bicicletas e cores, além dos tipos clássicos representados nos filmes da época, como o gordinho nerd e o hipocondríaco, parecem nos tirar um pouco a ideia de que estamos assistindo a uma história sobre o medo, nos levando até mesmo a risadas. A dinâmica entre cada integrante do grupo nos cativa, deixando a sensação que gostaríamos de ver outras situações em que eles pudessem estar juntos, resolvendo outros problemas.

A COISA Trailer-de-IT-A-Coisa2

Todavia, basta o sorriso sinistro e olhar que apresenta um leve estrabismo divergente do palhaço se apresentar em tela por segundos que tudo muda de figura. As sequências sinistras são mostradas claramente pelo diretor argentino Andy Muschietti, que opta por não esconder as feições da criatura e todas as artimanhas que ela faz para destruir suas vítimas, o que talvez tire um pouco o mistério e da sensação do que não é visto pode despertar.

A COISA filme-it-a-coisa-2017-de-andres-muschietti-1484075577046_v2_1920x1080

O grande destaque é justamente a alternância entre a tensão, o horror, o medo, com a amizade, a perda da inocência e o enfrentamento de abusos que faça esta obra ser diferente. Você gosta de sangue? Está lá. Gosta de levar susto? Possivelmente levará alguns. Porém, não vá esperando somente um terror de um palhaço assassino. É isso e muito mais.

A COISA CARTAZ

Por Guilherme Lourenço


Deixe seu comentário


Envie sua matéria


Anexar imagem de destaque