news

Sambas Enredo das Escolas de Samba do grupo especial do Rio de Janeiro – Parte 2 (Segunda-feira)


Hoje é o segundo dia de desfiles das escolas de samba do grupo especial no Rio de Janeiro. Vem conferir o samba enredo das escolas que desfilam logo mais na Sapucaí!!

Viviane-araujo-samba-enredo

Sua escola de samba preferida vai desfilar hoje (12/02)? Recomendamos que já comece a assistir o desfile sabendo o tema e cantando pelo menos o refrão do samba. Nada melhor do que torcer para sua escola do coração cantando junto com ela, não é mesmo?! Por isso listamos aqui os sambas enredo do grupo especial do Rio de Janeiro.

Mas antes, vale confirmar a programação do desfile das escolas de samba deste ano:

Domingo – 11 de fevereiro (ontem!! Já foi…)

  • 22h – Império Serrano
  • 23h05 – São Clemente
  • 00h10 – Vila Isabel
  • 01h15 – Paraíso do Tuiuti
  • 02h20 – Grande Rio
  • 03h25 – Mangueira
  • 04h30 – Mocidade

Segunda – 12 de fevereiro (hoje!!)

  • 22h – Unidos da Tijuca
  • 23h05 – Portela
  • 00h10 – União da Ilha
  • 01h15 – Salgueiro
  • 02h20 – Imperatriz
  • 03h25 – Beija-Flor

Sambas Enredos 2018 – Desfile de segunda-feira (12/02)

 

Unidos da Tijuca – “Um coração urbano: Miguel, o arcanjo das artes, saúde o povo e pede passagem”

Homenagem ao ator, autor e diretor Miguel Fallabela.


 

Portela – “De repente de lá pra cá e dirrepente de cá pra lá…”

Com uma mistura de Europa, Nordeste brasileiro e Nova York, a Portela vai narrar a saga de imigrantes em busca de liberdade e paz. Cita os judeus fugidos da Europa no século XVII, com destino ao Nordeste do Brasil e que tiveram papel fundamental na formação da cidade de Nova York.


 

União da Ilha – “Brasil bom de boca”

O tema é a culinária nacional, nascida da miscigenação do povo. Será um banquete cultural!


 

Salgueiro – “Senhoras do ventre do mundo”

“É um apanhado geral desde o princípio feminino da criação que passa pelo lado espiritual, místico e até científico encontrados na África. E que tem tudo a ver com o Salgueiro, que há 50 anos celebrou esse tema com o desfile ‘De escravizada à rainha’”, definiu Alex de Souza.


Imperatriz – “Uma noite real no Museu Nacional”

A Imperatriz vem destacar a importância da mais antiga instituição científica do país, que está completando 200 anos. O Museu Nacional é também o maior museu de história natural e antropologia da América Latina.


Beija-Flor -“Monstro é aquele que não sabe amar. Os filhos abandonados da pátria que os pariu.”

A escola fará um paralelo entre a situação vivida atualmente pelo Brasil e a história de “Frankenstein”, que completa de 200 anos este ano.


 

Confira também:

Sambas Enredo das Escolas de Samba do grupo especial do Rio de Janeiro – Parte 1 (Domingo)

Por Natália Brandão


Deixe seu comentário


Envie sua matéria


Anexar imagem de destaque